Seguro DPVAT

Seguro DPVAT

Você sabe o que é o DPVAT ou Seguro DPVAT?

O DPVAT é um seguro que possui um caráter social que tem como finalidade indenizar todas as vítimas de acidente de transito, podendo ser passageiros, motoristas, pedestres, nacionais ou estrangeiros.

A guia de pagamento do DPVAT deve ser retirado no seguinte endereçamento eletrônico: https://pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br, podendo ser realizada a quitação em quaisquer bancos conveniados que podem ser encontrados por meio do site http://www.seguradoralider.com.br/Pages/Pague-Seguro.aspx.

Além disso, o pagamento do seguro DPVAT deve ser feito em uma única parcela ou na primeira parcela do IPVA, caso tenha parcelado o pagamento deste último.

Os veículos que forem isentos do pagamento do Imposto de Propriedade sobre Veículos Automotores, o pagamento do Seguro DPVAT ocorrerá quando houver o emplacamento do veículo ou quando for realizar o licenciamento anual.

Inclusive, somente será emitido o licenciamento anual após o pagamento do DPVAT.

seguro dpvat

Tipos de Indenização DPVAT




Há 3 tipos de indenização em caso de acidente:

Caso de morte – R$ 13.500,00

Caso de invalidez permanente – Até R$ 13.500,00

Caso de reembolso de despesas médico-hospitalares – Até R$ 2.700,00

Como receber o Seguro DPVAT

Não é preciso que haja qualquer intermediário na solicitação do seguro DPVAT, ou seja, você mesmo poderá fazer a solicitação e as seguradoras são responsáveis pelo pagamento das indenizações e esclarecimento de dúvidas.

O pedido deve ser realizado diretamente em uma das unidades do DETRAN do seu Estado.

Prazo para a solicitação do DPVAT

Para solicitar indenização do Seguro DPVAT há um prazo a ser cumprido, ou seja, a partir do acidente até no máximo 03 (três) anos.

Caso seja situação de invalidez, em que o acidentado esteve ou ainda está em tratamento, o prazo passa a ser contado a partir da data da emissão do laudo conclusivo do Instituto Médico Legal.

Documentos necessários para a solicitação do DPVAT




1 – Para pedidos de indenização por morte:

  • Boletim de ocorrência policial original ou fotocópia autenticada
  • Certidão de Óbito com informação da causa da morte
  • Certidão de Auto Necropsia ou Laudo Cadavérico fornecido pelo Instituto Médico Legal
  • Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento ou de Casamento ou Carteira de Trabalho ou Carteira Nacional de Habilitação
  • CPF – fotocópia

Documentos dos Beneficiários

  • Carteira de Identidade – fotocópia;
  • CPF – fotocópia;
  • Comprovante de residência – fotocópia;
  • Autorização de pagamento/crédito de indenização de sinistro – Seguro DPVAT;
  • Conta bancária/ cópia dos dados bancários: cartão do banco e extrato bancário.

Cônjuge

  • Certidão de Casamento com data de emissão atual.

Companheiro

  • Prova de companheirismo junto ao INSS, ou Declaração de dependente junto à Receita Federal ou Carteira de Trabalho ou Alvará Judicial.

Descendente

  • Declaração de Únicos Herdeiros, firmada pelo próprio beneficiário, com duas testemunhas, informando o estado civil da vítima, se deixou ou não filhos ou companheira.

Ascendente

  • Declaração de Únicos Herdeiros, com duas testemunhas informando o estado civil da vítima, se deixou ou não filhos ou companheira
  • Certidão de Nascimento da vítima.

Colateral

  • Certidão de Nascimento da vítima ou Carteira de Identidade
  • Certidão de Óbito dos pais da vítima
  • Certidão de Óbito do Cônjuge ou filhos da vítima se for o caso
  • Certidão de Casamento da vítima com data de emissão atual, indicando o estado civil de separação judicial ou divórcio, se for o caso
  • Declaração de Únicos Herdeiros, com duas testemunhas informando o estado civil da vítima, se deixou ou não filhos ou companheira.




Para pedidos de indenização por invalidez:

  • Boletim de ocorrência policial original ou fotocópia
  • Boletim do primeiro atendimento hospitalar ou ambulatorial
  • Laudo do Instituto Médico Legal da jurisdição do acidente ou da residência da vítima, com as características das lesões físicas e psíquicas sofridas pela vítima
  • Prontuário médico – fotocópia
  • Carteira de Identidade – fotocópia
  • CPF da vítima – fotocópia;
  • Comprovante de residência ou declaração assinada pela vítima com o endereço
  • Comprovante do pagamento do Seguro DPVAT
  • Conta bancária/ cópia dos dados bancários.

Para pedidos de reembolso de despesas médico-hospitalares:

  • Boletim de ocorrência policial original ou fotocópia autenticada
  • CPF da vítima
  • Carteira de Identidade da vítima
  • Comprovante de residência ou declaração assinada pela vítima com o endereço
  • Relatório médico sobre as lesões sofridas pela vítima e o tratamento realizado
  • Relatório do dentista (se for o caso) sobre as lesões sofridas pela vítima e o tratamento realizado
  • Comprovante de pagamento de honorários e de despesas médicas, assim como as respectivas requisições ou receituários – originais
  • Boletim do primeiro atendimento hospitalar ou ambulatorial
  • Comprovante do pagamento do Seguro DPVAT
  • Conta bancária/cópia dos dados bancários: cartão do banco e extrato bancário.
Posted in Detran and tagged , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *